Pular para o conteúdo principal

Filó!!

Li esse texto na revista Crescer desse mês (leituras de mãe...) e achei que eu poderia me chamar filó também... aliás, muitas amigas reais e virtuais poderiam também...

Filó não dá ponto sem nó

Texto de Maria Amália Camargo na Revista Crescer de Julho de 2008

Dona Filó achava que não havia nada mais fora de moda do que começar uma história com “era uma vez”; e olha que desse assunto ela entendia como ninguém...

Filó, que não era Filomena, nasceu Filó mesmo, feito o nome do tecido. E tudo o que ela fazia no dia-a-dia precisava estar assim: como manda o figurino.
Estilista, tecelã e costureira, Filó pintava e bordava, a torto e a direito! Vivia fazendo renda e nunca deixava de inventar moda: no quintal, no trânsito, nas viagens ou até num dedinho de prosa...

No quintal cultivava um pé de manga, com manga de tudo quanto é tipo, pro vizinho poder provar e também fazer bonito; os sapatinhos-dos-jardins, feitos sob medida, eram praquelas centopéias – tão cheias de dedos – ficarem ainda mais metidas... E todos os botões de rosa, que estavam loucos para abrir, ganharam um novo estilo em modelitos com zíper!

Desfilava pelo bairro num Chevrolet saia-e-blusa acompanhada duma trilha sonora que servia como uma luva: no rádio daquele carro só tocava modinha; porque quem está na direção precisa andar sempre na linha! E não achava o menor cabimento costurar no trânsito nem quando ele dava nó; o tal do ziguezague às vezes terminava era num baita trololó. Já nos dias em que saía a pé pra bater perna, Filó só atravessava a avenida lá em cima, na passarela!

E nos dias de folga, geralmente nos domingos, passava a tarde inteirinha tricotando com os amigos: emendava uma conversa na outra sem nunca perder o fio da meada; mas não aceitava elogios rasgados ou desculpas esfarrapadas...

É...Em matéria de moda, essa Dona Filó não era de dar ponto sem nó!

Ah! E errou feio se você imaginou que agora nas férias ela irá pra Paris – a capital da moda. Filó está de malas prontas pra Itália – o país em forma de bota!


...

Comentários

Adriana disse…
Olá amiga vim retribuir sua visita e conhecer seu blog,quanto aos saces eles tem um sabonete da Natura dentro,fica muito cheiroso e dá pra vender por um pouco mais.Amiga tenha um bom fm de semana,bjs.Adriana Santos.
Daniela Veiga disse…
Olá Lia!
É mesmo bom receber presentes, mas também é bom oferecer e saber que as pessoas gostaram!!
Bom fim de semana
Bjinhos
anaeartes disse…
oi Li...que bom te conhecer...sim me inspirei na Sonia, mas já fiz tantas daquela boina, e já fiz o link dela várias vezes, que nem tenho feito mais...mas ela sabe!!!Tenho mais vários modelos mas minhas clientes gostam daquele modelinho, já até enjoei de fazer aredita???gostei do testinho que vc postou...que DEUS te abençõe...
bjkas
ana
Olá Amiga
Obrigada pelo carinho fico muito Feliz em ter a sua Amizade
O texto é muito interessante..
BOM FINAL DE SEMANA
Bjs
Andrea
Catita disse…
Olá, amiga querida!!!!

Amei o texto da filó, que não dá ponto sem nó.. hihihihihi

Acaba que as palavras da escritora nos fazem viajar através do que realmente somos e amamos: criativas, arteiras!!!!!!

Parabéns pelo bom gosto ao postá-lo!!!!
E um ótimo fim de semana pra ti, cheinho de coisas boas!!!!!

Beijinhos catitos, fica bem!!!!
Oi Lia
Adorei parar um pouco e ler seu texto. Sou professora universitaria aposentada e com certeza usaria este texto para alguma atividade comportamental em sala de aula. Simplesmente magnifico. Obrigda pela vista ...e ...somos visinhas né.....Moro em Floripa e vc???Bjs Heloisa Reis
Martins disse…
Lia

obrigada pela visitinha ao meu cantinho, vou continuar visitando o seu , tem coisas lindas aqui, e vê se volta lá no meu....bjos

Marocah2008
Rosita às cores disse…
Oi amiga, acabei de receber a tua caixinha. Adorei tudo. Os rebuçados são fantásticos e o naperon está lindo. Como adivinhaste que eu adoro o cor de laranja? Jokinhas e assim que puder vou colocar a foto no meu blogue. Jokinhas.
wilma disse…
Oi, Lia! Que fofa essa Filó, hein?
Muito gostosa essa estorinha...
Uma ótima semana prá você.
Bjos.

Postagens mais visitadas deste blog

Desfiados

Noutro dia vi uma manta para bebê no blog Bebê Crochê-Tricot e lembrei de uns panos de prato que fiz no ano passado (e ainda não usei...) e decidi mostrar aqui.






A receita que vi no blog é parecida com as que utilizei da Revista Agulha de Ouro de maio de 2007. Na revista falava em usar tecido de sacaria,mas utilizei um outro tecido vendido em metro que tem a trama mais definida e é engomado. Usei linha Carla (porque gosto da textura dela). Fiz também uns paninhos menores, que chamo paninhos para cobrir, utilizando a mesma técnica, só que com linhas coloridas.























É muito gostoso de fazer, só demora um pouco para desfiar, mas passar as linhas é muito bom!!

PAP das Toalhas com desfiados

Andei fazendo umas toalhas de rosto com desfiados e aproveitei para fazer o PAP delas.
As toalhas foram para dar de presente para duas amigas (para a virtual já foi pelo correio e a outra vai receber pessoalmente daqui a uns dias em seu aniversário).


Assim, vamos a elas...
A primeira toalha é essa:


E os passos são os seguintes:

1. Desfiar a toalha na horizontal usando um desmancha pontos ou uma tesoura (eu gosto desse desmancha pontos da Telanipo que já tenho faz tempo).
- tirar o fio do meio da faixa para bordar da toalha
- contar 6 fios na horizontal e tirar o 7 - contar mais 6 fios e tirar o 7 (para cima e para baixo do fio central) - Assim serão 5 fios tirados na horizontal com 6 fios que ficam entre cada um deles



2. Desfiar na vertical assim: - Tirar o fio vertical central
- Contar 4 fios e tirar o 5 - Fazer isso em toda a faixa para bordar


3. Começar a bordar. Eu usei linha Clara na cor da toalha, mas dá para fazer com cores contrastantes também.
Para bordar começar pelo lado direito e inseri…

Alguém por aí?

Depois de muito tempo resolvi verificar se tem alguém por aí ainda...
Os blogs ainda estão em uso?
Vale a pena atualizar?
Tem alguém usando as postagens que fiz anteriormente?
Algum sinal de vida?