terça-feira, 18 de novembro de 2008

Artes do final de semana: Doces!!

Nem só de artesanato vive essa criatura...nela também habita muita gula...

Nesse final de semana me dediquei a outra arte de que gosto muito:
cozinhar e cozinhar doces!!


Fui até um pomar e comprei alguns pêssegos (15kg) e produzi compotas, pessegadas e geléias!

Só ir até o pomar já foi muito divertido! Levei meu filhote que ficou sentado dentro de uma grande bacia de plástico enquanto colhiamos os pêssegos e despejávamos ao seu redor! Ele achou muito divertido e também queria colher as frutas nos galhos. Pena eu ter esquecido a máquina fotográfica!! E olhe que sempre tenho junto!!

Eis a produção: em menos de 5 horas estava tudo pronto: 13 compotas, 10 pessegadas e 12 geléias.

Acho muito gostoso e fácil fazer esses doces, assim, vou dar algumas receitinhas que uso e espero que sejam úteis.

1. Compota:

- dar preferência a pêssegos não maduros, ou seja, com a consistêncis bem firme e sem machucados

- lavar bem e descascar

- colocar para cozinhar as frutas com aproximadamente 1/4 de açúcar, ou seja, para 1kg de frutas descascadas - 250g de açúcar.

- acrescentar alguns pauzinhos de canela e cravinhos.

- deixar cozinhar até que as frutas fiquem macias.

- colocar em vidros previamente lavados e fervidos em água quente (para que estejam muito limpos - lembrar de ferver também as tampas).

- em seguida colocar para ferver durante uns 5 min (para que fiquem bem vedados).

2- Pessegada

- uso os pêssegos quase maduros

- lavar bem, descacar e colocar no processador para fazer pedaços pequenos (não uso o liquidificador para não ficar um creme, mas sim faço com que fiquem pequenos pedaços para serem sentidos ao comer - na fotografia dar para ver os pedacinhos)

- em seguida cozinhar com açúcar na proporção de 1kg de fruta para 1/2 kg de açúcar.

- acrescentar cravo e canela

- cozinhar até que comece a fazer espuma

- a partir daí dá para testar o ponto -> testo se a parte líquida está em consistência de geléia a cada pouco tempo (retiro uma colher da geléia, coloco em um pratinho e levo ao congelador - em 2 ou 3 min retiro e testo colocando um pouco entre os dedos indicador e polegar - se for fácil separar os dedos não está pronta - o ponto faz um fio entre os dedos) Essa é uma etapa um pouco crítica pois passa bastante rápido

- em seguida colocar ainda quente nos vidros fervidos (como na compota), tampar e deixar os vidros com a tampa para baixo até esfriarem (vi essa dica em um programa de tv - é para ficarem bem vedados).

3 - Geléia:


(essa geléia tem uma cor rosada lindíssima!!)
- para a geléia são utilizadas as cascas, que foram desprezadas nos doces anteriores (esse é mais um motivo para lavar bem antes de descascar as frutas)
- cozinhar as cascas com a mesmo volume de átua (1litro de água para 1kg de cascas). depois de aproximadamente 1 hora as cascas estarão macias e sem cor e a água estará rosada
- peneirar e aproveitar somente a água
- acrescentar cravo, canela e açúcar - 1kg para cada litro de água
- deixar ferver até o ponto de geléia (idem da pessegada)
- colocar nos vidros fervidos, tampar e virar com a tampa para baixo até esfriarem

Outros...
Pode-se usar as mesmas receitas com maçãs e pêras! Ficam lindas e deliciosas!

Costumo fazer também geléia de morango (seguindo mais a receita da pessegada - com os pedacinhos de fruta). Só não uso cravo e canela porque acho que não combina.

Ah, tem ainda a predileta do meu marido: bananas! Essa segue a mesma idéia da pessegada (uso só canela, sem cravo).

Gosto muito da geléia de uvas também. Cozinho as uvas despencadas - passo pela peneira e coloco cozinhar. Fica linda e com uma testura incrível!!

Se a quantidade for pequena (para comer logo) não precisa de tanto açúcar - basta manter na geladeira para não estragar - pode-se usar até a metade das quantidades.

Gosto de fazer esses doces pois sei a qualidade das frutas que estou usando e o sabor... nem dá para comparar com aqueles industrializados!!

...

6 comentários:

Claudia (Cacau) disse...

Hummm, LIa
Que delicia, vc é das minhas adora doces, e se tratando de pessego então nem se fale.

Bjks
Cacau

Jane Cristina disse...

Olá querida... To aqui babando, gosto muito de pêssego!!! Você é animada!!!
Bjs

Joana disse...

Oi Lia!
De dar água na boca. Já fiz muitas compotas de frutas, no tempo que os meninos ainda eram meninos. Eu tenho um sítio, por aí avalie. Só não tinha pessegos. Essa frutinha por aqui só nas fotos dos blogs das amigas blogueiras. Hoje tudo vira polpa de fruta, no máximo suco com adoçante. É a vida. Beijos
Joana

Carla disse...

Parabéns pela paciência e dedicação. Fazer doces assim é uma arte antiga que, cada vez mais, tem se perdido. Uma pena! Mas anima ver alguém como você fazendo, dando receita e fotografando. Também adorei a cor da geléia de pêssegos. Sabe, quando chega essa época de pêssegos, morro de saudades da época em que morei em Blumenau. Lá conseguia encontrar uns muito lindos que, aqui, no interior de SP, são difíceis de se achar. Só de ler a narrativa de ir comprar os pêssegos, querida, já valeu. As receitas e as fotos foram um prêmio extra.

Hoje, era eu quem precisava de um ânimo mais. Lembra, lá no fórum? Pois é. As suas compotas lindíssimas me deram esse ânimo e, não nego, um pouco de nostalgia gostosa. Obrigada.

Carina87 disse...

Olá linda!

Estes docinhos devem ser uma delícia...

Deixei um desafio no meu blog, quando poderes passa por lá...

Beijinhos...

Artes da Ló disse...

Parabens pelo seu catinho,eu amei vou adiciona-la aos favoritos para voltar mais vezes(amo cozinhar no meu cantinho tenho algumas receitinhas espero que vc goste,bjs)

Poderá interessar também

Blog Widget by LinkWithin