domingo, 31 de agosto de 2008

SAL Cachorrinhos - primeiro resultado

Noutro dia falei sobre o SAL que eu tinha entrado. O SAL dos Cachorrinhos do Fazendo Arte em Ponto Cruz. Aqui está o primeiro resultado já bordado. Estão aqui o primeiro e segundo esquemas. Já recebi o terceiro e vou trabalhar até o final do próximo mês.
Estou adorando participar!!



Mas como sou inquieta, entrei também no SAL Biscornus! Até poucos dias eu não sabia o que eram, mas já estou louquinha pra fazer o primeiro, ainda mais que tem uns detalhezinhos sobre a costura que ainda vou ter que dominar!!

Quem quiser novidades, basta entrar no Fazendo Arte em Ponto Cruz pra ver como é!!

...

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

PAP ??!!


E então meninas, como estão os PAP??

O blog tem tido muitos acessos, mas poucos comentários...

Sem desmerecer as amigas que comentaram (Obrigada!!!!), mas é tão bom ter comentários...

mesmo que sejam pra dizer que não é bem isso...

...

Troquinha das Artesãs

Uma pausa nos PAP para mostrar os presentes da Troquinha das Artesãs!

Aqui estão os presentinhos a amiga Cláudia enviou para mim. Adorei, Cláudia!! Adoro trabalhos feitos com linhas matizadas!! E ainda os novelinhos para eu fazer também !!!


Aqui no detalhe os trabalhinhos caprichados que ela fez:


E aqui está o que enviei para ela. Espero que ela tenha gostado, pois fiz os trabalhinhos com muito carinho e pesquisei bastante em seu blog os gostos pessoais para procurar coisinhas e agradá-la.

Com detalhes, os trabalhinhos que fiz para enviar...

Beijos pra você Cláudia!!!

...

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

PAP -Aplicação Patchwork - parte 2 - Entretela dupla-face

Essa entretela facilita a aplicação, pois cola o tecido a ser aplicado no tecido base.

A entretela dupla-face vem com um papel protetor (difícil de ser mostrado em fotografias...)

Vamos ao PAP:

1. A primeira etapa é desenhar o tema escolhido no papel que protege a entretela e recortar as partes que ficam sem desenhar.


2. Alguns autores sugerem que a entretela+papel sejam recortados para depois aplicar no tecido, mas eu já mudei um pouco essa etapa... Desenho deixando pequenos espaços entre os objetos (o que desperdiça um pouco a entretela). Em seguida vou posicionando os tecidos com o avesso sobre a parte da entretela (avesso dos desenhos) - lembrando de cuidar que não ultrapassem o espaço reservado e sobreponham os desenhos errados, é claro.



Fica parecendo um monte de retalhos desordenados, mas tem ordem sim...

3. Passo o ferro em temperatura baixa utilizando um outro tecido sobre os tecidinhos (para evitar que a entretela possa grudar no ferro - pois é muito ruim de limpar depois) . Esse tecido deve ser algum que não vai ser utilizado depois, pois vai ficar com pedacinhos da entretela grudados.

Assim, vou ter todos os tecidinhos grudados em seus respectivos desenhos.


Aqui olhando através do papel que protege a entretela (avesso dos tecidos).

4. Em seguida devemos recortar os desenhos (com as 3 camadas: papel protetor, entretela e tecido). É melhor fazer assim para não correr o risco do tecido ou da entretela desfiarem.

Quem encontrar dificuldade em fazer essa montagem, pode recortar a entretela com o papel protetor, colocar as figuras sobre o tecido e passar a ferro. Em seguida recorta-se o tecido com a entretela já recortada. O resultado é o mesmo.


5. Tirar o papel protetor de cada pedacinho e posicionar no tecido base.


6. Passar o ferro sobre o desenho todo - lembrar de cuidar as sobreposições necessárias pois é difícil descolar.


E eis a aplicação pronta:



Lindinha né?!

Só falta o acabamento, mas como já comentei anteriormente, os pontos decorativos virão depois em um PAP sobre eles, ok?!

....

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

PAP - Aplicação Patchwork - parte 1 - Entretela comum

A aplicação feita com essa entretela é a mais simples e tradicional.

Essa entretetela tem um lado brilhante e outro opaco. O lado brilhante é que será colado no tecido da aplicação.



O objetivo de usar a entretela comum é evitar que o tecido aplicado fique enrugado.

Assim vamos ao PAP:
1. Fazer o molde em cartolina do desenho a ser aplicado. No caso do coração, marcar o meio e lembrar de fazer os 2 lados iguais.



2 - Desenhar na entretela e no avesso do tecido utilizando o molde em papel.



3 - Recortar a entretela e o tecido. Lembrar de recortar o tecido com uma margem de 0,5cm além do risco, que será utilizada para "virar" o tecido da aplicação.

4- Aplicar a entretela no tecido utilizando o ferro de passar sem vapor em temperatura baixa. Lembrar que a parte brilhante da entretela deve ser colocada no avesso do tecido e o ferro deve ser passado no tecido.


5. Depois disso é hora de fazer os vincos para a aplicação, dobrando a borda de 0,5cm, que foi deixada na hora de recortar, para dentro. Essa aplicação deve ser feita desse modo para evitar que o tecido desfie, já que essa entretela não evita isso.

Começar dobrando as pontas e depois as outras partes da borda.



Abaixo dá para ver a diferença das bordas vincadas e não vincadas.

6. Por fim, é necessário costurar a aplicação no tecido base com pontos decorativos, mas isso já é assunto para outro PAP.

Se alguma coisa não ficou clara, por favor, avisem!!


...

terça-feira, 26 de agosto de 2008

PAP aplicação Patchwork

Quando comecei a fazer aplicações Patchwork tive muita dificuldade em entender as técnicas, principalmente porque eu achava que existia só uma maneira de fazer.


Assim, li várias revistas e pesquisei na internet também para aprender e agora tenho condições de apresentar as técnicas que utilizo.


Notem que eu adaptei algumas técnicas às minhas necessidades, ok?!


Bom, vou apresentar 4 técnicas diferentes:


- entretela normal

- entretela dupla-face

- termocolante

- adesivo temporário



E ainda mais um PAP sobre os pontos decorativos para finalizar a aplicação.

Assim... hoje só fica a chamada hehehe e prometo para os próximos dias os PAP, ok?!





...

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Que vontade de contar!!

Nesse final de semana fiz taaantas coisinhas lindas!!

Já comprei os tecidos de Natal e comecei a fazer uns trabalhinhos que (eu acho!!) ficaram lindos!

Só que não posso mostrar (hehehe) já são para a Troquinha de Natal que vai para a amiga Raquel e se eu mostrar vai estragar a surpresa !! O que posso adiantar é que estou usando técnicas de patchwork, costura e ponto cruz!!!
Mas posso garantir que estão ficando muito lindinhos!! Tanto que até ontém já tinha 3 interessados em ficar com as peças (4 se contar comigo hehe)!



Ah,mas posso mostrar o Telemark Pullover que terminei.


A receita foi receita traduzida pela Sandra do Tricô e Mais Tricô. Mais uma vez, muito obrigada!!


Usei a lã Sublime e agulhas circulares e de 2 pontas nos tamanhos 4,5 e 4,0 (para punhos e barra). Foi um pouco mais de 1 novelo de 100g para fazer o tamanho de 12 meses e ficou certinho no meu bebê.

Já estou pensando como adaptar a receita para 2 anos para fazer outro que sirva no inverno que vem, uma vez que esse já está praticamente acabado.
Ah, estou preparando um PAP sobre aplicações de patchwork. Acho que conseguirei postar essa semana ainda ...


...

sábado, 23 de agosto de 2008

PAP das Toalhas com desfiados


Andei fazendo umas toalhas de rosto com desfiados e aproveitei para fazer o PAP delas.
As toalhas foram para dar de presente para duas amigas (para a virtual já foi pelo correio e a outra vai receber pessoalmente daqui a uns dias em seu aniversário).


Assim, vamos a elas...
A primeira toalha é essa:


E os passos são os seguintes:

1. Desfiar a toalha na horizontal usando um desmancha pontos ou uma tesoura (eu gosto desse desmancha pontos da Telanipo que já tenho faz tempo).
- tirar o fio do meio da faixa para bordar da toalha
- contar 6 fios na horizontal e tirar o 7
- contar mais 6 fios e tirar o 7 (para cima e para baixo do fio central)
- Assim serão 5 fios tirados na horizontal com 6 fios que ficam entre cada um deles



2. Desfiar na vertical assim:
- Tirar o fio vertical central
- Contar 4 fios e tirar o 5
- Fazer isso em toda a faixa para bordar


3. Começar a bordar. Eu usei linha Clara na cor da toalha, mas dá para fazer com cores contrastantes também.

Para bordar começar pelo lado direito e inserir a agulha dividindo os 6 fios e entrar na carreira desfiada, de baixo para cima (como mostra a figura). Assim vai ser feita a primeira parte do ponto.




4. Para a segunda parte do ponto fazer o mesmo, inserir a agulha entre os 6 fios e sair no desfiado, mas de cima para baixo. Assim vão se formando as faixas bordadas. Nessa toalha fiz as faixas desencontradas, mas já fiz anteriormente todas no mesmo sentido e ficou bom também.


5. Por último é preciso fazer um arremate nas carreiras onde foram cortados os fios verticais, para não ficarem desfiando sozinhos.


E assim está pronto o bordado da primeira toalha...


Essa é a segunda toalha:




Para fazê-la são os seguintes passos.

1. Desfiar a faixa para bordar assim:
- tirar os 5 fios horizontais centrais
- pular 5 e desfiar 1
- pular 6 e desfiar 1
(fazer isso para cima e para baixo dos 5 fios centrais retirados)


2. Fazer o bordado central cruzando os fios verticais como mostram as figuras abaixo.


3. Para a segunda faixinha, fazer o bordado que vai ficar nos 6 fios entre dois desfiados

Primeira parte -inserindo a agulha no meio dos 6 fios e saindo no desfiado, de cima para baixo e depois de baixo para cima, como mostram as figuras abaixo.



Segunda parte - complentando a faixa, fazer os pontos no sentido inverso, como mostram as figuras abaixo:



4. Para fazer a terceira faixinha, começar como a anterior.


Na segunda parte, fazer o fio passar no sentido inverso da faixinha anterior, parecendo setas, assim:


Ah, é bom lembrar do avesso também.

Não sei se isso acontece em todas as casas, mas na minha, quase todas as vezes que chego no banheiro a toalha está dependurada pelo avesso!!! Assim, procuro fazer avessos bonitinhos também hehehe

Espero que o PAP esteja claro e quaisquer dúvidas é só perguntar!!



...



quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Quadro medidor

Quando fiz a postagem anterior, do SAL, lembrei de um quadro-medidor que bordei quando estava grávida e que hoje está no quarto do meu filho. Os cachorrinhos do SAL lembram os filhotes desse medidor, que são muito fofinhos!!


A receita era de uma revista espanhola e foi muito gostoso bordar pois pensava sempre que um dia meu filho iria olhar para os cachorrinhos e achá-los bonitinhos. Hoje isso já é realidade. Todas as manhãs, antes de sair do quarto ele tem que passar a mão no bordado ( e no verso do bordado também!) e faz uma carinho muito linda!


Esse é o quadro todo, que mede 150x40 cm.


Depois de bordar, costurei uma faixa de tecido de algodão branco do lado direito do bordado para anotar as alturas e as datas em que as medições foram feitas (essa foi uma idéia minha pois para escrever a caneta na etamine iria borrar). Por fim costurei as bordas no mesmo tecido que foi utilizado para decorar o enxoval (edredon, trocador,...) e fiz o quilt a mão.

E aqui estão em detalhe todos os cachorrinhos

Cada um mede aproximadamente 20x20cm.


O filhotinho de beagle é o meu predileto! Adoro essa raça! Tenho 3 beagles em casa e eles são adoráveis!! Além disso o filhotinho representa bem as travessuras que os beagle costumam fazer!!

Nessa última fotografia aparecem já as anotações das alturas do meu filho, que nasceu com 49cm em setembro do ano passado, e as anotações posteriores conforme as medições no consultório da pediatra.






Além de ser um objeto decorativo agora, pretendo guardá-lo como uma recordação do crescimento do meu filho. Só espero que ele não vá muito além de 1,75 m pois o quadro não vai comportar anotações além dessa.

Se eu tiver outro filho, pretendo fazer outro quadro assim, mas com outro tema.

...

Poderá interessar também

Blog Widget by LinkWithin